artigos e Novidades

Rentabilidade é muito mais que um número

O primeiro capítulo do meu livro chama-se “Porquê investir em bolsa?”. Esta pergunta é muitas vezes feita por clientes e amigos e aqui apresento o que me parecem ser bons motivos para investir nos mercados financeiros. Apresento cinco argumentos para se investir em bolsa, fique a conhecer aqui. Ler mais…

Cinco argumentos para investir em mercados financeiros

O primeiro capítulo do meu livro chama-se “Porquê investir em bolsa?”. Esta pergunta é muitas vezes feita por clientes e amigos e aqui apresento o que me parecem ser bons motivos para investir nos mercados financeiros. Apresento cinco argumentos para se investir em bolsa, fique a conhecer aqui. Ler mais…

Erros de principiante no investimento imobiliário

O mercado imobiliário, para mim, é um mercado financeiro e é dessa forma que eu olho para o imobiliário, porque eu invisto nele. Aliás, nem consigo avaliá-lo de outra forma. Mesmo fora do país, para mim o imobiliário é um instrumento financeiro. Por isso escrevo este artigo, quero voltar à base. Isto porque, para ser bem honesto, vejo erros em investidores que me são berrantes, e quero escrutiná-los todos neste artigo. Vamos lá então. Ler mais…

Como começar a investir em imobiliário

A maior dúvida que investidores imobiliários nos apresentam é na realidade como começar a investir. Quero contar-vos a história de um cliente (e amigo) que começou a investir há mais ou menos 8 anos, e recorreu a mim para o ajudar.  Ler mais…

Profissionalização = Estrutura + Processo

Nos últimos 10 anos aprendi mais sobre imobiliário do que o que sei sobre outro qualquer assunto.Desde a análise financeira de imóveis, com taxas de desconto, até à remodelação de imóveis para maximizar a ausência de bolores e humidades, aprendi mais do que aquilo que me lembro. Mas uma lição crucial e que tenho explorado é a fórmula mágica Ler mais...

Investir na bolsa ou investir em imobiliário?

A grande questão. Ao longo dos últimos anos, tenho-me deparado com clientes, leitores e seguidores que me fazem esta pergunta repetidamente. A falácia de “um é melhor que o outro”. O imobiliário tem um desempenho melhor, de uma forma genérica, que a bolsa de valores. Mas calma… existem imensas variáveis nesta comparação! Ler mais…

Reforma antecipada/Independência financeira em Portugal: possibilidade ou utopia? – Parte II

A minha vida foi um conjunto de exceções para aquilo que é o standard dos portugueses e por isso não vou usar o meu próprio exemplo para ilustrar como obter a reforma antecipada ou independência financeira. Porém, posso dar-lhe a minha opinião relativamente a certos aspetos que considero essenciais para atingir a independência financeira Ler mais…

Reforma antecipada/Independência financeira em Portugal: possibilidade ou utopia?

Se lhe dissessem que a reforma antes dos 30 anos fosse possível, diria possivelmente que seria piada. Mas será mesmo? O conceito de independência financeira – não ter que trabalhar mais por dinheiro – já apareceu nos Estados Unidos há algum tempo, mas só agora chega, timidamente, a Portugal. Ler mais…

Rendimento vs Recebimento

É curioso como o conceito de “Rendimento” dá origem, frequentemente, a interpretações menos precisas. Pense comigo: conhecemos dois termos que parecem significar o mesmo: Rendimento e Recebimento. Digo “parecem”, porque na prática são conceitos diferentes. Ler mais…

Uma menos valia pode ter algo de positivo

A compra de imóveis com o objetivo da sua revenda num prazo relativamente curto é uma das formas de rentabilização mais apetecíveis, pois oferece a possibilidade de o investidor obter um retorno interessante num curto espaço de tempo. Ler mais…

Diferença entre IRS e IRC: Sabe a distinção?

Como certamente é já do seu conehcimento, a pergunta que mais me colocaram tem a ver com ofacto de ser melhor ou não criar uma empresa para os investimentos imobiliários. Ora, subjacente a esta questão, está a distinção entre dois impostos: IRS e IRC Ler mais…

VPT: Sabe mesmo o que é e como se calcula?

O Valor Patrimonial Tributado do Imóvel, em regra, é definido por avaliação, (onde são tidos em conta várias fatores, tais como a localização, a área, qualidade e conforto, etc) com base numa declaração entregue às Finanças. Ler mais…

Cedi a minha posição num CPCV e obtive um ganho. Tenho de pagar IRS?

Desta feita quero partilhar consigo uma situação que, não sendo muito comum, pode acontecer-lhe e ser sujeita a IRS no âmbito das mais-valias: a cedência de posição contratual. Ler mais…

IMT na revenda – Pode arrendar e continuar isento!

Embora a isenção de IMT na aquisição de imóveis para revenda seja algo que praticamente todos os investidores imobiliários conhecem, ainda persistem dúvidas. Na verdade, não raras vezes sou contactado com questões relacionadas com este tema, nomeadamente com situações concretas em que é necessário avaliar se a isenção de IMT se aplica ou em que situações a mesma, ainda que aplicável no momento da aquisição, possa vir a perder-se em momento posterior. Ler mais…

Um terreno, três finalidades: Como fica a isenção de IMT?

Suponhamos uma situação em que é adquirido um terreno, com a intenção de revenda manifestada no momento da escritura de aquisição, e por essa via isento de IMT (estamos a assumir o cumprimento dos restantes requisitos legais). Como sabemos, para que essa isenção não seja revertida (e o IMT tenha de ser entregue ao Estado), o terreno em causa terá de ser revendido dentro de um espaço temporal de 3 anos, sendo que durante esse tempo não lhe pode ser dada outra finalidade ou destino, ou seja, terá de ser revendido num estado similar ao que se verificava no momento da compra. Ler mais…

Imposto no Imobiliário: Ser português, não é fácil! Saiba porquê…

Como sabemos, o IRS opera com base em categorias diferentes (trata-se de um mecanismo diferente do IRC, isto é, aplicável às empresas). Na prática, consoante o tipo de rendimento, será enquadrado na respetiva categoria e terá aplicadas regras específicas. No final, o imposto será calculado considerando o conjunto dos vários rendimentos, e é apurado de uma só vez. Melhor dizendo, o cálculo do imposto conduz-nos para um valor final, que agrega os rendimentos líquidos das várias categorias. Ler mais…

Posso combinar diferentes modelos de investimento?

Existem especificidades a considerar em cada situação, e cada caso deve ser analisado nessa lógica de modo a podermos escolher a melhor opção. Venha conhecer este caso prático com Marco Libório e fique ciente de alguns dos parametros a ter em conta nos seus investimentos. Ler mais…

Fique a saber sobre como fazer o cálculo de uma venda do seu imóvel 

No âmbito do IRS já sabemos que a mais-valia obtida com a venda de um imóvel pode estar sujeito a tributação. Neste artigo Marco Libório explica como podemos fazer o cálculo para assegurar o seu lucro de investimento. Ler mais…

Diferentes modelos de investimento imobiliário… Encontre o seu!

Existem especificidades a considerar em cada situação, e cada caso deve ser analisado nessa lógica de modo a podermos escolher a melhor opção. Venha conhecer este caso prático com Marco Libório e fique ciente de alguns dos parametros a ter em conta nos seus investimentos. Ler mais…

 

Darkpurple — uma nova abordagem no editorial financeiro

A Darkpurple Editora  é uma editora de nicho, sendo especializadas em 3 grandes áreas: finanças/investimento, empreendedorismo e desenvolvimento pessoal. Posicionamo-nos como uma editora que pretende ajudar a melhorar a literacia financeira, por entendermos que esta é uma lacuna grande na atual sociedade portuguesa, e o desenvolvimento de cada pessoa como indivíduo, bem como apoiar negócios e PMEs na sua atividade, especialmente a que passe por canais digitais.

Pese embora a Darkpurple Editora pretenda impactar o máximo número de pessoas e dessa forma cumprir a missão a que se propõe, orgulhamo-nos de ser uma editora que não baseia o seu modelo de negócio em alavancar o seu volume de faturação tendo o máximo de autores possível. Pelo contrário, trabalhamos com os autores em publicações a custos justos e pagamos royalties acima da média. O objetivo da Darkpurple Editora é tornar-se uma editora portuguesa de referência nas suas áreas de domínio. 

É com base nisso e com base no nosso modelo diferenciador que assenta numa perspetiva única:

 

Os nossos autores são nossos parceiros porque crescem connosco e os nossos leitores nossos sócios porque definem o nosso caminho.

Encomendas e expedição de livros

Contactos
geral@darkpurple.pt
+351 271 024 336
NIF
514 654 473

Horário
Seg a Sex 9:00 às 18:30

Endereço
Rua do Impasse, lote 110 Lojas B/A 6300-716

Métodos de Pagamento